terça-feira, 28 de abril de 2015

#FalandoAVerdade: pai que subestima a filha

|| ||

     Pai, o senhor realmente me subestima, né? O senhor acha mesmo que eu acho que o mundo é cor-de-rosa? O senhor acha mesmo que eu não tenho noção do que eu recebo para almoçar por semana é mais do que muitas pessoas tem para viver por meses? Se você acha que eu tenho que ser mais humilde, quem sabe se o senhor não tivesse me dado todo esse luxo, não me ensinasse a ser assim, não me desse esse padrão, eu não seria...
     Como o senhor se sentiria se seu pai vivesse te colocando para baixo, subestimando-te, falando que você não é capaz? Como você se sentiria se te impedissem de viver seu sonho? Porque é isso que você faz, deixa bem claro que sem sua autorização e o seu dinheiro, eu não consigo correr atrás dos meus sonhos. O que o senhor quer que eu faça? Que eu fique por aqui, faça a faculdade que o senhor quiser (lê-se: medicina) e seja infeliz? Pra que?! O senhor já realizou seus sonhos, por que impede que eu realize os meus?! Justo você que teve o apoio de sua mãe e irmãs, ou seja, praticamente toda sua família.
     Você e a mamãe sempre disseram que me colocaram na escola que estudo, a melhor do estado, para que no futuro eu pudesse fazer a faculdade que quisesse, sem precisar ter que abrir mão do meu sonho por não ter estudo para conseguir, mas quando eu decido ir atrás dos meus sonhos, usar toda essa educação avantajada a meu favor, eu tenho que ser humilde?! Tenho que ficar aqui, nessa cidade, sendo infeliz? Porque então você me colocou nessa escola se no final das contas não posso fazer a faculdade que quero? Só pra falar que a filha estuda lá?
     Pois saiba que assim o senhor só me afasta cada vez mais de você, magoa-me, acaba com as lembranças boas que eu poderia ter de você e só me deixa com mais vontade de ir atrás dos meus sonhos para mostrar que sou capaz de fazer o que quero, com ou sem sua ajuda, e que você sempre esteve errado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário