domingo, 31 de maio de 2015

Um dia em Paris

|| ||

     Em julho de 2012, fiz minha primeira viagem internacional, fiz um mini tour pela Europa, junto com meus pais e minha irmã. Essa viagem foi surreal, tipo, muito mesmo. Eu tinha medo de piscar e perder algum detalhe, de dormir e acordar na minha casa de novo e ver que tudo não se passava do mais perfeito sonho que já tinha tido - e felizmente, era tudo realidade. Pensa em uma pessoa, que então com 12 anos, estava deslumbrada. Paris foi simplesmente mágica; e sem sombra de dúvidas, é a cidade mais bonita que já conheci (olha que sou viajada, conheço 7 países e muuuitas cidades).
     Só tenho lembranças boas de lá, e confesso que sofro por até hoje não ter voltado pra lá (mas se Deus quiser, ano que vem volto. Amém).


     Sempre fui apaixonada por casas, por arquitetura, e essa foi a primeira "casa" que tirei foto lá em Paris. Essa construção ficava do outro lado da rua do hotel que ficamos hospedados em Paris (NovoHotel Paris Est super recomendo esse hotel, é o melhor hotel que já fiquei. Os hotéis dessa rede tem no mundo inteiro, inclusive no Brasil).
     Ainda falando de arquitetura, uma coisa que eu achei interessante - na verdade, estranhei -, é que em Paris não tem casas, sabe, cada um tem a sua, não, lá só tem prédios (como esse da foto). Na época, eu e meu pai perguntamos para a guia, Belém (saudades Belém), se realmente não tinha, e ela falou que não explicou porque. Eu não me lembro o porquê, mas acho que é por causa da super população e pouco espaço.


     Minha mãe que viu esses velhinhos em uma praça que estávamos, e ela quis tirar foto, só que meu pai falou que era melhor não, porque eles poderiam não gostar. Minha mãe concordou e ficamos observando os dois enquanto meu pai ajeitava a câmera para tirarmos foto. Quando ficou pronto, meu pai nos chamou para mostrar, não entendemos, tipo, por que ele queria nos mostrar que a câmera já estava na posição para tirarmos foto? mas fomos e ele mostrou que tinha tirado foto do casal de velhinhos <3


     Primeiro trailer de viagem que vi na vida <3 Fomos em Julho pra lá, mês das férias de verão deles (igual nos Estados Unidos, quando eles ficam 3 meses de férias, o equivalente às nossas férias de final de ano), então tinham muitas famílias saindo da cidade com seus trailers. Vi até um acampamento de trailers, tentei tirar foto, mas não consegui.


     A primeira e únicas vezes que andei de metrô, foi lá em Paris. No início apanhamos um pouco para conseguir comprar o ticket e colocar na máquina, mas nos ajudaram e conseguimos (foi difícil porque nenhum de nós falava francês, e apesar de minha mãe e pai serem formados em inglês e eu e minha irmã sempre fazermos aula inglês, nenhum de nós falava fluente).


     Apesar de ser uma cidade histórica, Paris também tem construções modernas, como é o caso desse prédio.


     Fiquei apaixonada por essas casas que tinham no caminho para chegar ao Castelo de Versailles.



Catedral de Notre Dame

 


Torre Eiffel



     Quando fui para lá, a Torre estava passando por uma reforma, por isso todos essas estruturas e fios presas à ela, como deu de ver nas fotos. Com a reforma, apenas 1 elevador estava funcionando (normalmente são 2, um para subir e outro para descer), então as pessoas subiam, ficavam o tempo que quisessem lá em cima, e depois descia, e só depois que descia que um novo grupo de pessoas subia, ou seja, se fossemos esperar na fila - enorme - para subir, esperaríamos muito tempo, então optamos por não subir.
     No dia seguinte ao primeiro dia que fomos à Torre, fomos novamente à Torre, só que agora junto com nosso grupo (no primeiro dia tinhamos ido por conta própria), e vimos que a fila do dia anterior (era domingo) estava minúscula perto do que estava naquele dia. Como não tinhamos muito tempo - mesmo se tivéssemos não iríamos enfrentar a fila -, fomos embora e não subimos na Torre, mas isso não deixou a viagem menos surreal.
     Uma das coisas mais bonitas que vi lá, foi ver as pessoas - jovens, famílias, senhores de idade -, estendendo uma toalha sobre a grama, sentado/deitando sobre ela, e tomando sol, observando o movimento, conversando, fazendo piquenique, passando a tarde ali. Foi uma coisa que sorri ao ver e pensei que poderia fazer sempre que nunca me cansaria.
     Como disse no início do post, Paris é a cidade mais bonita que já vi na vida, é uma cidade romântica, mágica, é uma cidade onde você parece sentir o amor... É um sentimento inexplicável, só quem já esteve lá, entende o que digo.
     Se eu tivesse que definir Paris em uma palavra, seria: "surreal".
     Tenho muitos sonhos, e um de meus maiores sonhos é fazer um book pré-casamento em várias cidades do mundo, e definitivamente, Paris é uma das cidades da minha lista.


Dica:
✼ Já pensou em viajar e ter um fotógrafo profissional tirando fotos de toda a sua viagem? Se gostou da ideia, recomendo que contrate os serviços do Leandro Dias, do Fotógrafo Brasileiro em Paris. As fotos dele são as mais perfeitas que já vi na vida, sem falar que só ouço elogios vindo do trabalho dele.



Post escrito ao som de: Young Again, Hardweel ft. Chris Jones

Nenhum comentário:

Postar um comentário