quinta-feira, 6 de agosto de 2015

Diário de bordo: Bariloche - dia 5 + aqui não tocam músicas em inglês

|| ||

22 de julho/2015

- Aqui não tocam músicas em inglês, apenas em castelhano - língua oficial deles. Castelhano é espanhol, só que não é igual ao da Espanha. É tipo português de Portugal e do Brasil -. Pode até ser que quem canta não seja argentino, mas não se ouve música que não seja em espanhol.

- Em um restaurante, estava tocando uma música do Cazuza em espanhol.

- Em um outro, logo no 1º dia que chegamos, tocou "As long as you love me", do Justin Bieber também em espanhol. Algumas frases eram cantadas em inglês (o refrão).

- Hoje em uma barraquinha de artesanatos aqui em Bariloche, meu pai deu uma nota de 2 pesos para a vendedora e perguntou se ela trocava por moedas. Elas disse que sim, e deu duas moedas de 1 peso. Na mão dela tinham outras moedas com valores de 25 e 50 centavos, perguntei se ela não podia dar essas moedas de valores menor ao invés da moeda de 1 peso e ela falou que não tinha moeda suficiente e me mostrou os valores das moedas, colocando em minha mão. Olhei cada moeda e fui devolver pra ela, mas ela não aceitou, disse que era uma presente para mim. Eu e meus pais ficamos super felizes com o ato. Como se não bastasse, ela achou uma outra moeda de 25 e 50 centavos e me deu. Como ela já tinha dado muitas moedas, meu pai quis devolver os 2 pesos, mas ela não aceitou. Agradecemos, sorrindo muito, e fomos embora. Essa senhora poderia muito bem falar que não tinha moedas e não nos dar ou até mesmo cobrar pelas moedas, já que são tempos difíceis, economicamente falando, aqui na Argentina, mas não, ela foi super simpática e fez, pelo menos, uma garota muito feliz.


Nenhum comentário:

Postar um comentário