sábado, 8 de agosto de 2015

Diário de bordo: Bariloche - dia 7

|| ||


24 de julho/2015

- Observa-se que a economia argentina não está boa atrevas dos carros. Tudo bem que todos os lados que você olha vê-se carros relativamente novos, bonitos e bem cuidados, nada de luxo, os carros populares do Brasil (classic, uno, palio, gol, saveiro, celta, punto, sandero, logan, voyage), mas saibam que esses carros são alugados por turistas e não dos moradores argentinos.

- Com 300 mil dólares você consegue comprar uma mansão entre o km 3 e 6 (onde estão localizadas as melhores e mais bonitas mansões). Não é tão caro se você levar em consideração que eles pagam muito pouco pelo dólar (no lugar mais caro, pagam 3,50 pesos, o real varia entre 3,70 e 3,80) e no Brasil, na minha cidade, uma casa em um bairro classe média você vai pagar pelo menos 800 mil reais em uma casa - bairro nobre são casas de mais de milhão.

     A Argentina é um país maravilhoso, sentirei saudades daqui - mas pretendo voltar muitas e muitas vezes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário