quarta-feira, 5 de agosto de 2015

Diário de bordo: esquiando em Bariloche - dia 4 + sobre esquiar

|| ||


21 de julho/2015

Sobre esquiar:

     Fui com uma ideia muito errada sobre esquiar. Não é simplesmente colocar aquela botinha e o esqui e sair patinando. “Não deve ser difícil já que tem aqueles dois "pauzinhos" para equilibrar”, eu pensava. As coisas não são assim. 

     Pra começar a "botinha" é extremamente desconfortável. Ela é muito apertada e isso machuca o pé, tornando o "sapato" extremamente desconfortável.

     Depois, a neve é muito, muito, muito lisa; no meu caso, não ensinaram como freiar, eles ensinariam depois, como disse o instrutor, mas acontece que como a neve é muito lisa você pega embalo sem querer e ou você cai ou vai descendo até onde o embalo te levar. No meu caso, eu cai.
     
É muito difícil manter o equilíbrio em cima do esqui justamente pelo o que eu acabei de dizer, a neve é muito lisa, uma respirada que você da o esqui já desliza e se você não tiver preparada, vai cair.

     Resumindo de uma forma geral, esquiar é muito difícil e requer muito equilíbrio. 
Vale a experiência, vale as fotos, mas é necessário ter bom senso. Eu paguei - meus pais, na verdade - por 4 horas de esqui, (2h de aula, 2h para esquiar) mas só aguentei ficar 30 minutos por não ter me dado bem com o esqui. Cai duas vezes, não foram tombos graves, mas eu tinha noção que se continuasse, provavelmente levaria tombos feios e a última coisa que eu queria era me machucar.


Valores:

     Pagamos 920 pesos argentinos pelas 2h de aula, 2h esquiando, o equipamento de esqui (a botinha desconfortável, o negócio de esqui e os pauzinhos de apoio. Ele falou o nome de cada coisa, mas não peguei) e transporte (esquiamos no "Winter Park"). Fechamos esse passeio aqui em Bariloche mesmo, em uma agência que trabalha só com os passeios que você pode fazer em Bariloche. 

     Só as 4h de aula e prática custavam 725 pesos argentinos.
     O valor varia do dia que você vai, do dia que compra o pacote, da empresa, do tempo, do lugar que vai esquiar, enfim, o preço varia muito. Se minha família não tivesse pesquisado, pagaríamos mais que o dobro na mesma atividade, só que por empresas diferentes e lugares diferentes (pagaríamos 1800 pesos para 2h de aula para 2 pessoas + o valor dos equipamentos separados, e seria no Cerro Catedral).


*É necessário alugar roupa de neve. Óculos de sol normal substitui aqueles óculos de esqui.

- Esquiar no "Winter Park" é mais barato que no Cerro Catedral. 


Nenhum comentário:

Postar um comentário