sábado, 3 de outubro de 2015

Top 3 compras: Bariloche!

|| ||
     Como já comentei aqui no blog, vocês já viram em postagens e no canal do blog no YouTube, nas férias de julho fui com a minha família para Bariloche, na Argentina, onde passei 7 dias. Foi, simplesmente, umas das melhores viagens que já fiz na vida (olha que sou uma pessoa bem viajada), e quero compartilhar cada detalhe dessa viagem com vocês.
     Então dando continuidade aos posts sobre a viagem, separei o top 3 de compras que fiz lá. Não comprei muita coisa, porque lá não é igual aos EUA, onde você faz a feira; não fui com intenção de fazer compras e também porque os produtos a venda são bem limitados, mas muito legais, porque são feitos lá em Bariloche, e não na China - o que, sinceramente, foi o que mais me agradou.
     Entretanto, dá para comprar muitas coisas legais e úteis lá, assim como nos EUA, e compensa MUITO porque a moeda de lá é bem baratinha (com 1 real compramos 3, 4 pesos) e agora o dólar está muito alto. Vi cada móvel lindo que queria trazer para o Brasil, mas optei por não correr riscos - se você comprar lá, eles embalam e mandam para o Brasil, porém paga-se um preço salgadinho para que o móvel chegue inteiro (no final, acaba ficando mais caro que se comprado aqui no Brasil). E se o móvel vier com algum defeito, a burocracia para trocar é muito grande. Pesei e vi que não valia a pena correr esse risco.
     OBSERVAÇÃO IMPORTANTE: Apesar da moeda argentina ser fraca, não vá achando que você fará a festa por isso, as coisas lá são bem carinhas, e como fui em alta temporada, pesavam mais ainda.
     Chega de falação e vamos ao top 3 de compras!


1- Elfa: símbolo das lendas de Bariloche

 

     Eu não sabia, mas Bariloche possui a lenda de que Elfos e Gnomos cuidavam da cidade argentina. A lenda tem toda uma história por trás e é como se fosse uma história do nosso Folclore Brasileiro, mas, resumidamente, a história é essa: Elfos e Gnomos habitavam Bariloche milhões de anos atrás, e como símbolos da natureza, eles cuidavam das maravilhas naturais da cidade de Bariloche.
     Sabendo da história, é claro que eu não podia ir embora sem comprar um Elfo ou Gnomo de lá! Fui em busca de um e apaixonei-me por essa Elfa que achei em uma feira de artesanato que fica no centro da cidade. Ela custava 180 pesos (cerca de 50 reais), valor bem acima dos outros Elfos e Gnomos (o mais caro era 100 pesos), e isso me fez ficar em dúvida se comprava ou não, mas por acha-la muito parecida comigo e saber que se eu não comprasse me arrependeria depois, acabei comprando. Não me arrependo nem um pouco, pelo contrário, acho que foi a melhor compra da viagem!


2- Miniatura de Bariloche


     A história dessa miniatura é engraçada. Eu estava indo almoçar com a minha família e passamos em frente à uma loja onde vi essa miniatura na vitrine. Fiquei louca, queria porque queria comprar essa miniatura, eu precisava, e meus pais sabiam disso, mas mais que essa miniatura, precisávamos almoçar e não estávamos encontrando nenhum restaurante com vaga para almoçarmos, então precisávamos correr - literalmente - atrás de um (já eram mais de 14h). Então combinamos que assim que almoçássemos, voltaríamos para eu comprar essa miniatura (coleciono miniaturas, como vocês puderam ver nas fotos).
     Almoçamos - muito bem, por sinal - e fomos atrás da loja que vendia a miniatura, o problema foi: eu não sabia em qual loja eu tinha visto, só sabíamos em qual rua era. Lá fomos nós procurar, olhamos TODAS as vitrines da rua, duas vezes, de ponta a ponta, até achar a loja. Achamos, paguei 150 pesos e fui embora feliz.
     Nos dias que se passaram, achei várias lojas vendendo essas miniaturas por até 100 pesos. Quis morrer quando vi, mas nenhuma delas era tão bem feita quanto a minha, e sem falar que amo miniaturas, não correria o risco de não comprar por pensar que poderia achar mais barato, então valeu muito a pena.


3- Fichários do Justin Bieber


     Sou belieber assumida, todo mundo sabe, mas nada se comprara a felicidade de quando, andando na calçada da cidade, olhei dentro de uma papelaria e vi lá no fundo da loja, a uns 7 metros de onde eu estava, um fichário do Justin. 
     Na hora já entrei na loja para ver, só que não pude comprar porque eu só estava esperando o ônibus que nos levaria para o centro de esqui, não teria como guardar as sacolas e leva-los para esquiar era impossível. Então tive que ficar com os dedos cruzados para eles não venderem até o dia seguinte, que seria quando eu voltaria para comprar.
     Voltamos no dia seguinte e eu comprei 2 e a folha para o fichário - que quando eu vi, pensei que fosse caderno -, que é de um tamanho que nunca tinha visto (do tamanho de um caderno pequeno, aqueles de 48/96 folhas). Paguei 55 pesos em cada fichário e não lembro quantos custou as folhas (comprei dois blocos). Acho interessante dizer que no dia anterior, no dia que eu tinha visto, estava 60 pesos; e que tinham de vários outros artistas (lembro que tinha da Violeta, a febre infantil), todos custavam 25 pesos - uns até 20 pesos -, mas o do Justin não, tinha que ser o mais caro. É difícil ter que gostar sempre do mais caro! Ô vida difícil!


     E aí, gostaram do meu top 3? Espero que sim, adorei compartilhar isso com vocês!

     Ah, quero dar um pequeno aviso: não postei o vlog de Bariloche ainda porque não consegui editar os vídeos, e para eu editar os vídeos, meu computador tem que ter memória sobrando e meu computador está zerado de memória *carinha sofrimento*. Só conseguirei editar assim que eu liberar memória no meu computador, e só liberarei assim que comprar um HD externo, o que estou tentando agilizar para comprar logo!
     Assim que eu conseguir memória, vou editar o vídeo e já postar no canal do blog no YouTube, consequentemente, aqui no blog. Inscrevam-se no canal do blog para ficar ligado quanto aos vídeos -> https://www.youtube.com/channel/UCwvHXU5hvi8xAG98R_DRMOA/videos     Beijinhos e até mais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário