sábado, 5 de março de 2016

Eu escolhi ser feliz

|| ||
     A adolescência é uma fase muito difícil. As pessoas tem muitas expectativas em você, cobram muito e não aceitam menos que a perfeição. A pressão, o estresse, os conflitos e o drama, aumentam extraordinariamente. As coisas são muito inconstantes, um dia você ama incondicionalmente, no dia seguinte você odeia, não quer ver a pessoa nunca mais. Uma hora está tudo bem, você está sorrindo, e no instante seguinte alguém fala alguma coisa que você não gosta e seu humor já transforma, uma nuvem negra fica sobre sua cabeça e você já fica ofendida, chateada, achando que é o fim do mundo.
     Isso porque nem falei de inveja e críticas ainda! Críticas e inveja, as vilãs da adolescência. Engana-se você que pensa que as malditas não tem ligação, essas duas andam sempre juntas (tá, sempre não, mas 99% das vezes sim), são quase irmãs siamesas. É assustador ver o que as pessoas fazem por inveja. Não preciso nem falar da minha vida pessoal, posso usar uma situação do reality Big Brother Brasil 16 como exemplo. Adélia, Renan e Tamiel, participantes do reality, estavam armando entre eles uma situação para fazer uma outra participante, Ana Paula, perder a cabeça por causa da provocação deles e ser expulsa do programa, tudo porque a participante tem o apoio do público, o mesmo que escolhe o vencedor do reality!
     A verdade é que pessoas invejosas sempre existirão, sempre existirá aquela pessoa que procura alguma coisa para criticar e nós não estamos isentos de críticas maldosas, por isso temos que encontrar uma maneira de saber lidar com as críticas maldosas, com toda a inveja que nos cerca e focar nas coisas positivas. Eu escolhi não me importar com as críticas. Eu escolhi não ligar para toda essa inveja. Eu escolhi ser feliz.

Nenhum comentário:

Postar um comentário