quinta-feira, 11 de maio de 2017

[DESABAFO] #DiárioDaFaculdade: Eu não tenho certeza se escolhi o curso certo #10

|| ||

     Já tem um tempo que venho sentindo uma frustração com a faculdade de Jornalismo, por vários motivos, e isso tem me deixado muito angustiada, sem saber o que fazer, e como para mim, a melhor forma de aliviar é escrevendo, é isso que vim fazer aqui.
     O primeiro fator para a minha frustração são os professores, e quando digo "professores" engloba muita coisa. Para começar que eles desestimulam muito, ficam falando que Jornalismo é uma profissão muito difícil, que o salário é ruim, que é isso e aquilo, eles falam mal da profissão e aí eu me pergunto: Se eles não gostam de Jornalismo, o que estão fazendo ali então? Dá a impressão que eles são profissionalmente frustrados, e essa frustração reflete na qualidade da aula deles. "Aula". Esse foi o outro fator que me frustrou muito.
     Eu não tenho aula de verdade, com exceção de duas disciplinas. Os professores entram na sala, não explicam nada, promovem "debates" (que só quem pensa como eles tem voz) para preencher a aula e mandam milhões de atividades para fazermos em casa. Os professores não ensinam nada, não explicam nada, como eles estão há muito tempo dando aula, já cansaram de ter que explicar a mesma coisa todo ano e então, simplesmente, não ensinam nada. Eles acham que o aluno chega sabendo tudo, mas esquecem que o aluno nunca teve contato com Jornalismo antes de entrar na faculdade, e eu acho isso muito triste, porque eu não tenho noção do que estou fazendo, não tenho noção se estou fazendo certo, sem falar que tudo que eu aprendo, aprendo porque pesquisei na internet como fazer. Se eu aprendo tudo na internet, por que estou pagando mensalidade da faculdade então?  *MUITO IMPORTANTE DIZER QUE DOIS PROFESSORES SÃO EXCEÇÃO NESSE FATOR (2 DE 10)*
     Eu achava que a faculdade seria o lugar que eu aprenderia como produzir matérias, resenhas, textos críticos, textos opinativos, todo tipo de texto, mas, pelo visto, eu já deveria saber.
     O terceiro fator é que é tudo muito fácil. Apesar de ter matéria que eu não vou bem e ter muita coisa para fazer, no geral, é tudo muito fácil, eu não tenho que estudar, eu não tenho que pensar, eu não sou desafiada intelectualmente. De verdade, o máximo que eu faço é ler textos para fazer análises e, por isso, sinto que estou desperdiçando minha inteligência.
     O quarto fator são as disciplinas. Quando eu vi minha grade curricular, antes das aulas começarem, apaixonei, porque tinha fotografia, oficina de texto, política, literatura, filosofia, história, novas formas de jornalismo (blog, youtube) e ética jornalística, ou seja, tudo que eu gostava e queria muito estudar, mas quando vi como eram as aulas de fato, fiquei muito desanimada. Matérias que eu achei que seriam o máximo, foram um cocozinho (por causa da [não] metodologia dos professores) e, no final das contas, só tem 5 disciplinas que eu realmente gosto, as outras eu vejo como desnecessárias (simplesmente) porque não tem conteúdo nenhum — uma aula  o professor só fala coisas aleatórias; o outro parece que usa drogas antes de dar aula porque só fala coisa nada a vê; a outra passa a aula inteira falando de nada (ela ficou 4 aulas inteiras prometendo que na próxima aula falaria do projeto de pré-iniciação científica); o professor de história se esforça para passar algum conteúdo, mas sempre perde o foco e acaba falando de nada; e o último professor leva jornais, cartões postais e livros para passar na mão de cada aluno, mas, dar aula que é bom, nada.
     No final das contas, acho que eu escolhi Jornalismo pelos motivos errados. Eu não escolhi por amor a profissão, escolhi por amar escrever e querer viver viajando, e por ver no Jornalismo a possibilidade ter esse estilo de vida.
     Agora, depois desse desabafo e de ter conversado com meus pais, sinto-me muito melhor. Não vou desistir de Jornalismo, mas se eu ver que realmente não é o que eu quero, vou partir para outro curso.

Para ver todos os posts da série "Diário da Faculdade", clique aqui ou copie esse link: http://susansmof.blogspot.com.br/search/label/diário%20da%20faculdade

Nenhum comentário:

Postar um comentário