sexta-feira, 12 de maio de 2017

O que fazer em São Paulo: Exposição sobre refugiados sírios #1

|| ||

     Ontem fui ao Museu da Imagem e do Som (MIS), em São Paulo, e prestigiei a exposição "Farida, um Conto Sírio", do jornalista e fotógrafo brasileiro Mauricio Lima, que acompanhou a luta de refugiados sírios para sair de seu país e conseguir chegar a países da Europa, e retratou essa trajetória em imagens.
     Esse trabalho, que durou 6 meses (período que o fotografo acompanhou as famílias), rendeu a Mauricio Lima o Prêmio Pulitzer em 2016.

Mapa do caminho que eles percorreram
     Em uma sala oval, com o chão coberto por pasto, para representar o caminho que os refugiados percorreram, uma imagem enorme de pessoas mortas no chão, bem no centro da sala, e barulhos como a de ondas do mar, representando a travessia marítima, as imagens da exposição foram distribuídas na seguinte ordem:
- sírios no meio da guerra
- pessoas machucadas sendo atendidas em postos médicos muito precários
- sírios preparando-se para fugir
- o início da caminhada
- chegada ao litoral, onde entram em barcos
- desembarque na Grécia
- caminhada a pé até a Alemanha
- acampamento de refugiados já nas cidades européias
- sírios conseguindo ficar legalmente nos países europeus
- sírios felizes por terem um (seguro) novo lar

"Senhor, por favor, escute o que tenho a dizer: eu não quero ir para a Alemanha; eu preciso ir para a Alemanha. Peço que acabem com a guerra no meu país e volte para casa amanhã."

     Ao vermos a última foto da exposição, que é a foto da família síria feliz em sua nova casa na Alemanha, deparamos-nos com um enorme painel com a seguinte imagem:


     A qualidade da foto está péssima, mas na foto há 4 pessoas andando pelo pasto. Por causa do ângulo que a foto foi tirada, do chão especial feito pelo museu e dos sons reproduzidos, a impressão que temos é que estamos andando juntos com eles. Em uma palavra: sensacional.
     Passando por esse painel, há um corredor com as duas paredes cheias de post-it para que os visitantes deixem um recado. A essa altura do campeonato, você está tão emotivo, tão mexido com tudo o que viu, que a mensagem que sai é a mais sincera possível.


     A exposição vai acontecer até o dia 28 de maio/2017 no MIS (Museu da Imagem e do Som). A entrada custa R$6 (inteira) e R$3 (meia-entrada) e tem classificação de 16 anos.


+ MIS

Endereço: Av. Europa, 158, Jardim Europa
São Paulo - SP, Brasil

Horário de funcionamento: 12h - 20h terça a sábado 
11h - 19h domingo e feriados
Permanência de até 1h após o último horário

Eu quis compartilhar essa experiência com vocês porque voltei outra pessoa depois dessa exposição. A forma como tudo foi abordado foi incrível. Eles concretizaram sem chocar. Saí de lá com a cabeça diferente. Assim como nós não queremos os refugiados em nossa terra por medo de terrorismo, eles não querem ir para nossa terra, não querem ir para um lugar que não é deles e não querem perder suas tradições. Agora, mais que nunca, precisamos ser humanos e mostrar o amor ao próximo que Jesus veio nos ensinar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário